Novos poemas

Rotina I

Disse que ia até
a padaria
comprar cigarro.

A mulher resmungou
uma concordância
ele saiu.

Na padaria
conversou fiado
tomou cerveja
pagou em dia
fumou um cigarro
invejou um turista
que pedia informação.

Olhou o relógio
pensou na novela
no jogo
em si
e nela.

Para decepção
dos dois
voltou pra casa
e pro desejo
de ficar no bar.