Novos poemas

Peleja

Não meta os pés pelas mãos,
disse o treinador ao astro do momento!

Na dúvida se era uma ameaça,
uma ordem, uma advertência,
mesmo promessa, ou recomendação,
respondeu à altura com um tento:
contra o Reino Unido,
nas quatro linhas, estádio lotado,
o planeta vendo,
marcou um gol de copa do mundo,
com a mão.