Metalurgia

Jardins

Em frente à minha casa tem um pequeno jardim de rosas;
é o jardim da casa, mas antes o jardim de meu velho pai,
e sendo dele, porque ele o fez com zelo,
tem em cada flor a nostalgia de suas mãos de pai e de
artesão.
No que me cabe é meu, por ser da casa,
que por ser minha na circunstância casual da posse e da
ansiedade,
me deixa estar ali sentado nessa varanda de luz, ocaso e
generosidade
a ruminarmos juntos e desdentados ? velho um, outro
criança ?
a lembrança neutra de vegetais no vaso.